MODELAGEM DO PROCESSO CHUVA-VAZÃO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIBEIRÃO SANTA BÁRBARA EM GOIÁS

Isabella Almeida Costa, Michelle da Silva Honório

Resumo


A compreensão dos fluxos hídricos são parte essencial para a gestão dos recursos hídricos e os modelos hidrológicos estão apresentando cada vez mais necessários para este processo. Dentre as principais variáveis utilizadas para a aplicação nestes modelos, tem-se a precipitação, que é uma das que mais influenciam nas estimativas de vazão de uma bacia. Sendo assim, este estudo teve como objetivo verificar e comparar os resultados da validação e calibração ao aplicar a modelagem conceitual denominada como Tank Model, para representar o processo de chuva-vazão na bacia hidrográfica do ribeirão Santa Bárbara na região sul do estado de Goiás, empregando o algoritmo de Gradiente Reduzido Generalizado (GRG). Para isso foi utilizada uma série histórica mensal de 10 anos sem falhas e aplicada a programação não-linear para definir os parâmetros do modelo. Para que fosse possível a comparação dos dados de vazão estimados com os observados das estações fluviométricas, utilizou-se o coeficiente de Nash-Sutcliffe (eNS). Os resultados representados pelos eNS obtidos, foram considerados satisfatórios em termos de modelagem hidrológica, pois o modelo aplicado entregou coeficientes para a calibração de 0,875 e para a validação de 0,737. Já os coeficientes de correlação (R) se apresentaram altos, tanto para calibração (R = 0,88), quanto para validação (R = 0,80). Portanto, concluiu-se que devido a eficiência e simplicidade de entendimento, o Tank Model é um modelo satisfatório para essa região e pode ser aplicado em locais menos favorecidos, com poucos dados disponíveis, para simulação confiável de estimativas de fluxos hidrológicos.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, L.; SERRA, J. C. V. Modelos hidrológicos, tipos e aplicações mais utilizadas. Revista FAE, 20, jan/jun 2017. 129 - 137.

BARATI, R. Application of Excel Solver for Parameter Estimation of the Nonlinear Muskingum Models. KSCE Journal of Civil Engineering, 17, July 2013. 1139-1148. DOI: 10.1007/s12205-013-0037-2

BDMEP. Séries históricas mensais. Disponivel em: .

CELESTE, A. B.; CHAVES, V. S. Avaliação de Algoritmos de Otimização e Funções Objetivo para Cali- bração Automática do Modelo Chuva-Vazão Tank Model. Ciência e Natura, v. 36 n. 3 set-dez. 2014, p. 527 – 537. DOI: 10.5902/2179460X13421

TECNIA V.3 N.2 | 2018

CELESTE, A. B.; MENEZES, T. L. A.; FONTES, V. A. Modelagem do processo chuva-vazão pelo Tank Model e por redes neurais artificiais na bacia do rio Japaratuba. SCIENTIA PLENA, Sergipe, 10, 2014.

EMBRAPA. Latossolos: definição e características gerais. Disponivel em: .

HIDROWEB. Séries históricas de estações. Disponivel em: .

INMET. Normas Climatológicas Históricas (1961-1990): Precipitação Acumulada Mensal e Anual. Disponivel em: .

LARA, P. G.; KOBIYAMA, M. Proposta de Modelo Conceitual: PM Tank Model. Revista Brasileira de Recursos Hídricos – Revista Brasileira de Recursos Hídricos, 17, 2012, 149-161. DOI: 10.21168/rbrh.v17n3.p149-161

SMITH, S.; LASDON, L. S. Solving large sparse nonlinear programs using GRG. ORSA journal on computing, n.4, v.1, 2009, 2-15. https://doi.org/10.1287/ijoc.4.1.2

LUCAS, E. W. M; DE SOUSA, F. de A. S; SILVA, F. D. dos S; S., LUCIO. P.. Modelagem Hidrológica Determinística e Estocástica Aplicada, à Região Hidrográfica do Xingu – Pará. Revista Brasileira de Meteorologia, 24, 2009. 308-322. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-77862009000300005

MENDES, T. A.; VIEIRA, M. E. A.; FRANCO, C.; FORMIGA, T. M.; BARBALHO, F. D. Aplicação do Tank Model na modelagem da bacia hidrográfica de flores de Goiás. Anais do XVII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, São Paulo – SP, 2007.

NASH, J. E.; SUTCLIFFE, J. V. River flow forecasting through conceptual models part I — A discussion of principles. Journal of Hydrology, 10, 1970. 282 - 290. DOI: https://doi.org/10.1016/0022-1694(70)90255-6

NUNES, F. M. S; FARIAS, C. A. S; MARTINS, W. A; ALMEIDA, R. N; A., LEITE. J. C. Aplicação do Tank Model para estimativa mensal de vazões na bacia hidrográfica do rio piancó. Revista Verde, 9, jan-mar 2014. 343-349.

PEREIRA, T. S. R.; SANTOS, K. A.; SILVA, B. F.; FORMIGA, K. T. M.; SOARES, A. K. Desenvolvimento de um Modelo Chuva-Vazão Via Tank Model e Calibração Automática. Revista Eletrônica de Engenharia Civil, 11, 2016. 17-28. DOI: 10.5216/reec.V11i3.36007

SIEG. Shapefiles. Disponivel em: .

SUGAWARA, M. Automatic Calibration of the Tank Model. Hydrological Science Bulletin, 24, 1979. DOI: https://doi.org/10.1080/02626667909491876

TECNIA V.3 N.2 | 2018

XIONG, J. OHNISHI. Y. TAKAHASHI. K. KOYAMA. T. Parameter determination of multi-tank model with dynamically dimensioned search. Proc. Symp. Rock mech. Jpn, Sendai, Japan, janeiro 2009. 19-24.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Isabella Almeida Costa, Michelle da Silva Honório

TECNIA – REVISTA DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO IFG

EDITORA IFG
Rua C-198, Quadra 500, Jardim América | CEP 74.270-240 | Goiânia/GO

tecnia@ifg.edu.br
(62) 3237-1816