LITERATURA DE CORDEL X MÍDIA NA ALFABETIZACÃO E A MOTIVAÇÃO DO GESTOR ESCOLAR

Valdecira Aparecida da Silva Moreira, Maria Valdete da Silva Bolsoni, Aderson Ferreira de Araújo, Leopoldo Briones Salazar

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar como ocorre a motivação do gestor escolar e os procedimentos didáticos e midiáticos no trabalho pedagógico com a literatura de cordel na alfabetização. Como metodologia de investigação, optou-se por realizar pesquisa bibliográfica e de campo, confrontando teorias e práticas. Os principais autores estudados são: Abreu (1999), Fonsêca & Fonsêca (2008) Marinho e Pinheiro (2012), Silva (2016), Oliveira e Filho (2013), Pontuschka, (2004) e outros, por abordarem o tema literatura de cordel com fins pedagógicos. Para realização da pesquisa de campo utilizou-se entrevista com quatro professoras alfabetizadoras e uma gestora.  As atividades escolares referentes à Literatura de Cordel ainda são pouco divulgadas no meio escolar na Região Norte. Ressalta-se que, com a globalização e os diversos recursos tecnológicos da atualidade, aos poucos emerge como recurso pedagógico de valor ímpar no labor, com temas interdisciplinares na alfabetização.


Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Márcia. Histórias de cordéis e folhetos. Campinas: Mercado de Letras ALB, 1999.

ARAÚJO, P.C.de. A CULTURA DOS CORDÉIS : território(s) de tessitura de saberes. [Tese de doutorado]. JOÃO PESSOA,2007.

CAGLIARI, Luiz Carlos. Alfabetizando sem o Bá-Bé-Bi-Bó-Bu: Pensamento e Ação no Magistério. 1. Ed. São Paulo: Scipione, 1998.

______. Alfabetização e Linguística . 6. ed. Scipione, São Paulo: SP. 1993

CLANDININ , D. Jean.CONELLY, F. Michael. Pesquisa narrativa : experiências e história na pesquisa qualitativa. Tradução: Grupo de Pesquisa Narrativa e Educação de Professores ILEEL/UFU. Uberlândia: EDUFU, 2011.

Fonsêca, Alexandre Vítor de Lima& Fonsêca, Karen Sheron Bezerra, Contribuições da Literatura De Cordel Para O Ensino De Cartografia, Geografia - v. 17, n. 2, jul./dez. 2008 – Universidade Estadual de Londrina, Departamento de Geociências http://www.uel.br/revistas/geografia.

GALVÃO, A.M.O. Cordel: leitores e ouvintes. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

MARINHO, Ana Cristina e PINHEIRO, Hélder O Cordel no cotidiano escolar. São Paulo: Cortez, 2012.

OLIVEIRA, Maria Leonara e FILHO, Marcelo Nicomedes dos Reis Silva. Literatura de cordel: uma arte que se expande através dos recursos tecnológicos. Web-Revista SOCIODIALETO, 2013. Disponível em: Acesso em 26/03/2018.

PEREZ, Clotilde; BAIRON, Sérgio. Comunicação & Marketing . São Paulo: Futura, 2002.

PONTUSCHKA, N. N. Fundamentos para um projeto interdisciplinar: supletivo profissionalizante. In: PONTUSCHKA, N. N.; OLIVEIRA, A. U. de. (org.). Geografia e perspectiva: ensino e pesquisa. São Paulo: Contexto, 2004

RESENDE ,Viviane de Melo, A Relação Entre Literatura de Cordel e Mídia: Uma Reflexão Acerca Das Implicações Para o Gênero, Cadernos de Linguagem e Sociedade, 8, 2006/7

SILVA, Verônica Diniz da. A Literatura de Cordel e suas contribuições para o ensino desse gênero na sala de aula. Anais do x simpósio linguagens e Identidades da/na Amazônia Sul-Ocidental- 2016. Disponível em: http://revistas.ufac.br/revista/index.php/simposioufac/issue/view/48. Acesso em 24/03/2018.

VAL, Maria da Graça Costa. O que é ser alfabetizado e letrado? 2004. In: CARVALHO, Maria Angélica Freire de (org.). Práticas de Leitura e Escrita . 1. Ed. Brasília: Ministério da Educação, 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Valdecira Aparecida da Silva Moreira, Maria Valdete da Silva Bolsoni, Aderson Ferreira de Araújo, Leopoldo Briones Salazar

TECNIA – REVISTA DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO IFG

EDITORA IFG
Rua C-198, Quadra 500, Jardim América | CEP 74.270-240 | Goiânia/GO

tecnia@ifg.edu.br
(62) 3237-1816