Mapas conceituais digitais: possibilidades do uso da tecnologia digital na sala de aula para a ampliação dos multiletramentos

Lucas Mariano de Jesus

Resumo


Este artigo objetiva empreender uma discussão focada nos multiletramentos, nas tecnologias digitais e na teoria da aprendizagem significativa, à luz de autores como Kleiman (1995), Soares (2002) e Rojo (2009). Além disso, este trabalho busca estabelecer um diálogo entre esses pressupostos teóricos e as análises dos resultados de uma atividade realizada em uma aula de Língua Portuguesa com alunos de 6º ano de uma escola pública estadual do estado de Minas Gerais, na qual mapas conceituais digitais foram utilizados. As discussões e as análises mostraram que a tecnologia digital é uma aliada no dia a dia do professor e que tanto professores quanto alunos beneficiam-se no uso de recursos digitais durante o processo de ensino aprendizagem. Ficou evidente também que o uso de tecnologia digital promove a ampliação dos multiletramentos na escola.


Texto completo:

PDF

Referências


COPE, B.; KALANTZIS, M. Multiliteracies: New literacies, new learning. Pedagogies: An International Journal, Nanyang Walk, v. 4, n. 3, p. 164-195, 2009.

CAZDEN, C; COPE, B.; FAIRCLOUGH, N.; GEE, J.P.; et al. (New London Group) (1996). A pedagogy of multiliteracies: Designing social futures. In: COPE, B.; KALANTZIS, M. (Eds.). Multiliteracies: Literacy learning and the design of social futures. London: Routldge, 2000. p. 9-37.

CHARTIER, Roger. Os desafios da escrita. Trad. Fulvia M. L. Moretto. São Paulo: UNESP, 2002.

KLEIMAN, Angela B. (Org.) Os significados do letramento: uma nova perspectiva sobre

a prática social da escrita. Campinas: Mercado de Letras, 1995. (Coleção Letramento, Educação e Sociedade).

MOREIRA, Marco A. Mapas Conceituais e Diagramas V. Instituto de Física, UFRGS,

http://www.if.ufrgs.br/~moreira/Livro_Mapas_conceituais_e_Diagramas_V_ COMPLETO.pdf

PESQUISA sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação no Brasil [livro

eletrônico]: TIC Educação 2012. Survey on the use of information and communication technologies in Brazil: ICT Education 2012 / [coordenação executiva e editorial/executive and editorial coordination, Alexandre F. Barbosa; tradução / translation DB Comunicação (org.)]. São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2013.

SOARES, Magda. Novas práticas de leitura e escrita: letramento na cibercultura. Educação e Sociedade, Campinas, v. 23, n. 31, p. 143-160, dez. 2002.

______________. Letramento e escolarização. In: RIBEIRO, Vera Masagão (org.). Letramento no Brasil. Global: São Paulo, 2004, p. 89 - 114.

_____________. Letramento: um tema em três gêneros/ Magda Soares. – 3 ed. – Belo Horizonte: Autentica Editora, 2009.

SOUZA, Nadia Aparecida; BORUCHOVITCH, Evely. Mapas conceituais: estratégia de ensino/aprendizagem e ferramenta avaliativa. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 26, n. 03, p. 195-218, 2010.

RIBEIRO, Ana Elisa. Letramento digital: um tema em gêneros efêmeros. Revista da ABRALIN, v. 8, n. 1, p. 15-38, jan./jun. 2009

ROJO, Roxane. Letramentos múltiplos, escola e inclusão social. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Lucas Mariano de Jesus

TECNIA – REVISTA DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO IFG

EDITORA IFG
Rua C-198, Quadra 500, Jardim América | CEP 74.270-240 | Goiânia/GO

tecnia@ifg.edu.br
(62) 3237-1816