O ESTUDO DE ANÁLISE COMBINATÓRIA E PROBABILIDADE POR MEIO DO BARALHO E DO PÔQUER

Rodrigo Lima Almeida, Rafael Cordeiro

Resumo


Este é o recorte de uma proposta de ensino e aprendizagem que está sendo desenvolvida em duas turmas de 2º ano do Ensino Médio, cujos objetivos são: desenvolver o raciocínio lógico, a percepção, a análise, a interpretação, a organização e a comunicação de dados e resultados. Tem-se como questão: quais as potencialidades e limites do baralho e do pôquer no ensino de análise combinatória e probabilidade? Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cujos instrumentos são registros dos alunos, diário de campo, testes diagnósticos, teste em duas fases e torneio. Prevê-se utilizar o baralho e o jogo de pôquer para ensinar análise combinatória e probabilidade. Este é um trabalho em andamento, em fase de aplicação. O recorte se dará na análise do teste diagnóstico e nas primeiras observações das aulas. Num primeiro olhar, percebeu-se que os alunos têm participado, demonstram interesse e tem trocado ideias e opiniões matemáticas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.