GOIÂNIA: DISCUSSÕES SOBRE O POTENCIAL DA PRAÇA CÍVICA COMO ESPAÇO EDUCADOR

Wellington Gabriel de Borba

Resumo


Este trabalho explora os conceitos de direito à cidade e cidade educadora e analisa a construção e a ocupação da Praça Cívica e de Goiânia – GO, onde ela está localizada. Objetiva identificar se em Goiânia, cidade desigual e excludente, a Praça Cívica pode ser um espaço educador aberto e inclusivo. Realiza uma revisão bibliográfica de caráter exploratório e qualitativo para identificar os conceitos de cidade educadora e direito à cidade, além de como se processa a urbanização de Goiânia e da referida praça. São assim analisados artigos científicos publicados recentemente, a partir de 2014, livros abordando o conceito de direito à cidade e a urbanização de Goiânia. Constata-se que Goiânia é uma cidade capitalista e tal como as demais é um espaço desigual e excludente, mas que a educação é relevante na mitigação dessa situação e a Praça Cívica tem o seu potencial de espaço educador. 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.