UM ESTUDO SOBRE AS AÇÕES DOCENTES EM SALA NO CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA DO IFG – CÂMPUS ANÁPOLIS

Ronan Santana dos Santos

Resumo


Esta pesquisa, desenvolvida numa perspectiva qualitativa, tem como tema central as ações do professor em sala de aula, levando em consideração os pressupostos teóricos da relação com o saber e o desenvolvimento profissional do docente. Os dados foram coletados por meio de gravações em áudio e vídeo, sendo que foram filmadas as aulas de uma professora que atua no curso de Licenciatura em Química do IFG – câmpus Anápolis, cuja disciplina ministrada foi Estágio Supervisionado I. A metodologia utilizada para a análise foi a Análise Textual Discursiva. A aula analisada foi compreendida em três momentos: espera (esperando os alunos chegarem para iniciar a aula), ensina (momento que discutem o texto proposto para a aula) e discute (debatem sobre a experiência vivenciada nas sete visitas às escolas, primeiro momento da disciplina de estágio). Estes três momentos foram denominados de macroações. Dentro destas três macroações, emergiram 21 categorias de ação, que foram: ameaça, argumenta, avalia, combina, compara, constata, convida, estimula, exemplifica, explica, justifica, pergunta, preocupa, problematiza, provoca, reflete, reforça, relata, responde, salienta e sugere. As ações foram identificadas de acordo com as microações, estas que estão ligadas às falas selecionadas nas transcrições da aula.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.