ENSINO DE QUÍMICA NA EJA: UMA PROPOSTA FUNDAMENTADA NA PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA

Kamylla Pereira Borges, Felipe Micael Almeida de Souza, Jussara Miguel Falleiros, Ana Carolina Morais

Resumo


Este trabalho tem como objetivo descrever uma experiência com a utilização da Pedagogia Histórico Crítica no ensino de Química com alunos do curso técnico integrado em Secretaria Escolar na modalidade EJA (Educação de Jovens e Adultos) no Instituto Federal de Goiás/Câmpus Anápolis. A Pedagogia Histórico Crítica propõe a socialização dos saberes sistemáticos com a população, vendo na educação uma possibilidade de transformação social. A aula foi realizada com 17 alunos da EJA e teve como instrumentos de coleta de dados a observação da participação e um questionário com questões semiabertas. Constatou-se que a atividade realizada possibilitou aos alunos uma boa compreensão da disciplina em um contexto social, político, econômico, histórico e crítico e que o uso da Pedagogia Histórico Crítica (PHC) e a experimentação trouxeram elementos para que os alunos se mostrassem mais interessados e abertos ao conteúdo estudado. Os resultados apontaram que os conteúdos trabalhados foram bem compreendidos para 14 dos alunos participantes (14), de forma que, grande parte desses alunos (11) também mudou sua opinião em relação à Química, deixando de percebê-la como uma disciplina sem sentido e entendendo-a como parte de suas vidas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.