PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA: MÚSICA COMO METODOLOGIA DE TRABALHO NA EDUCAÇÃO ESCOLAR

Daniela Rezende de Souza, Lais Leni Oliveira Lima

Resumo


O objetivo geral deste trabalho consistiu em compreender a importância da apropriação da Pedagogia Histórico-Crítica e da musicalização na educação escolar como metodologia a ser utilizada em sala de aula, tomando a música como linguagem social mediadora entre as práticas, escutas, sentimentos, pensamentos e conhecimentos musicais do cotidiano da criança. A pesquisa, de abordagem qualitativa, foi desenvolvida como estudo de caso. Os sujeitos da pesquisa foram dez alunos de uma turma de uma Organização não Governamental (ONG) em Jataí - Goiás – Casa da Criança Amor e Arte – e matriculados regularmente na escola formal. O problema investigado foi assim proposto: qual a relevância de utilizar a música como metodologia de trabalho na educação básica a partir da perspectiva da Pedagogia Histórico-Crítica? Teve como embasamento os principais autores Saviani (2013), Marsiglia (2011), Beyer e Kebach (2009), Brito (2003), Gasparin (2005). Pela análise, com base nos referenciais teóricos pelos quais se pautaram a pesquisa, depreendeu-se que o trabalho desenvolvido obteve resultados significativos, em relação a materialização do ensino de música como metodologia, seguindo os cinco passos da didática da Pedagogia Histórica-Crítica proposta por Gasparin (2005).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.