INVESTIMENTO EM CULTURA, BENS CULTURAIS E DESEMPENHO ESCOLAR: A CONFIGURAÇÃO DESSA RELAÇÃO

Maria Aparecida Gomes Vieira, Luciana Soares da Costa, Eveline Borges Vilela Ribeiro

Resumo


O objetivo desse trabalho consistiu em analisar a relação entre o investimento em cultura de cada estado brasileiro e a quantidade de bens culturais disponíveis, assim como qual a relação entre a quantidade de bens culturais disponíveis à população e o desempenho escolar dos estudantes brasileiros em cada estado. Foram utilizados dois tipos de regressão, a simples (para avaliar como o investimento em cultura se relaciona ao número de bens culturais) e a quantil (para avaliar como número de bens culturais disponível em cada estado se relaciona ao desempenho desse estado em ciências). O número de bens culturais em cada estado relaciona-se com o investimento que esse estado faz em cultura. Sobre a relação entre o número de bens culturais e o desempenho escolar em ciências, os resultados permitem afirmar que apenas os estados com os desempenhos escolares mais baixos são afetados significativamente pelo número de bens culturais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.