POLÍTICAS PÚBLICAS: O NEOLIBERALISMO E A EDUCAÇÃO SOB A ÓTICA DA RACIONALIDADE CAPITALISTA

Eveline Gontijo Moreira, Clésio Feliciano Souza

Resumo


O objetivo deste artigo é discorrer sobre políticas públicas e suas transformações com ênfase na relação neoliberalismo e educação, especificamente apontando como o neoliberalismo consegue impor suas políticas antidemocráticas no que tange ao direito à educação. Para consolidar a importância do assunto aqui abordado, adotou-se o levantamento bibliográfico realizando a identificação e seleção, na literatura existente, de aportes significativos relacionados ao tema. A educação que deveria ser fator de transformação social nada mais é que o mecanismo de transmissão de conhecimentos necessários a expansão do sistema capitalista e ao atendimento das necessidades das classes dominantes. A prática educativa tem uma configuração definida pela ação política, a atuação do professor demanda apenas uma compreensão da realidade aparente e não exige sólido conhecimento teórico e prático, já que a realidade está posta e é comumente naturalizada. Assim, os conhecimentos adquiridos por meio dessa prática educativa, resultam apenas em mercadoria, com propriedades capazes de satisfazer as necessidades do capital. É preciso redescobrir a verdadeira função docente e estimular a sociedade em geral, a apropriar dos saberes para assim, transformar a realidade.


Palavras-chave


Políticas antidemocráticas. Ideologia. Capitalismo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.