EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: PARTICULARIDADES E DESAFIOS

Thiago Batista Assis, Caroline Prado Brignoni, Luciene Lima de Assis Pires

Resumo


As políticas públicas para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) necessitam de ações eficazes por parte do poder público, a fim de proporcionar uma educação emancipadora que realmente possibilite aos indivíduos a capacidade de se constituírem como cidadãos críticos. Este trabalho teve por objetivo vivenciar a realidade dessa modalidade de ensino por meio de um estudo de caso realizado com aluna matriculada no 9° ano do ensino fundamental nessa modalidade. Mediante entrevistas com a aluna, coordenação da escola, professor e análise de documentos disponibilizados pela gestão, procurou-se compreender as particularidades e refletir sobre a formação do sujeito, atentando para suas percepções sobre a escola, o papel do professor e as metodologias utilizadas na EJA. Refletir sobre EJA é pensar no combate às desigualdades sociais e na garantia de direitos estabelecidos pela Constituição Brasileira. Verificou-se que a realidade pesquisada confirma estudos teóricos já desenvolvidos anteriormente, qual seja: alunos que se evadiram da escola há vários anos e que retornam acreditando nas possibilidades de que a conclusão dos níveis de ensino possibilitam melhoria da qualidade de vida, bem como confirmou-se, também, a dificuldade que alunos de EJA têm em disciplinas na área das ciências exatas.

Palavras-chave


Educação de Jovens e Adultos. Políticas Públicas. Ensino-Aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.