INSTITUCIONALIZAÇÃO PELA PERCEPÇÃO DE UMA ACADÊMICA EM FISIOTERAPIA: ATRAVÉS DE VIVÊNCIA EM UM PROJETO DE EXTENSÃO.

Mayra Karolinne Rodrigues Lima Paula, Daisy de Araújo Vilela, Isadora Prado de Araújo Vilela, Juliana Alves Ferreira, Renata Machado de Assis

Resumo


Face as novas diretrizes curriculares nacionais  torna-se evidente as  transformações  que vem ocorrendo nas graduações em saúde , o ensino de Fisioterapia participa destas adaptações   metodológicas,  fazendo que a docência universitária seja uma temática em constante movimento, envolvendo as atividades de extensões como formadoras de profissionais. Neste contexto, o trabalho apresenta um relato de uma acadêmica de Fisioterapia da percepção  enquanto equipe de um projeto de extensão “Rede de vigilância em saúde para idosos institucionalizados (REVISII)”. O projeto objetiva promoção da saúde e prevenção de incapacidades aos moradores da instituição. Nas atividades desenvolvidas promove-se atendimento em fisioterapia, juntamente com  educação em saúde entre docentes, discentes, profissionais de saúde, usuários e familiares, proporcionando um olhar  consciente, crítico, transformador e humanizado; sobre as necessidades dos moradores institucionalizados e do papel de cada ator neste processo. Considerando a promoção de melhor qualidade de vida e funcionalidade.  O estudo consiste no uso de técnicas fisioterapêuticas com um grupo de 30  idosos moradores de uma instituição de longa permanência, sendo realizadas até 05  intervenções/dia com duração de uma hora. Resultados: No decorrer dos atendimentos percebemos a melhora do humor, interação e bem-estar físico dos indivíduos aprimorando a convivência entre os mesmos. 


Palavras-chave


Institucionalização. Sociedade. Fisioterapia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.