A AUDIODESCRIÇÃO NAS TELAS: VOZ E VISÃO PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Vanderlei Balbino da Costa, Jordanna Sebastiana Gregório

Resumo


O mundo moderno, globalizado, sem fronteiras e ligado por redes vive atualmente o dilema social de abrigar em suas fileiras diferentes seguimentos sociais, culturais, e comunicacionais. O artigo resulta de uma reflexão teórica que fizemos em relação ao ascesso das pessoas com deficiência junto aos meios de comunicação. Os objetivos foram: conhecer como a audiodescrição contribui para o processo de inclusão social das pessoas com deficiência; identificar as razões políticas pelas quais a audiodescrição é pouco conhecida na sociedade brasileira; averiguar os motivos pelos quais o poder público e os meios de comunicação não colocaram em prática os recursos da audiodescrição. A opção foi pela pesquisa qualitativa, apoiando-nos em referênciais que abordam a importância da audiadescrição no processo de comuicação das pessoas com deficiência. O referencial versou em autores que discutem sobre a audiodescrição com facilitador no processo de comunicação. Os resultados nos possibilitaram aferir que esse recurso é pouco conhecido junto aos professores de pessoas com deficiência em todos os níveis. As  considerações nos fizeram refletir sobre a necessidade de investir na formação dos professores, no sentido de habilitá-los para atuar com esse importante recurso pedagógico, especialmente, quando há em sua sala de aula estudantes com deficiência matriculados.


Palavras-chave


Audiodescrição. Inclusão. Deficiência.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.