A ABORDAGEM DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA PESRPECTIVA DO ALUNO DE ENSINO MÉDIO EM UMA ESCOLA DE MATO GROSSO: UMA REFLEXÃO COM BASE NAS CORRENTES PROPOSTAS POR SAUVÉ

Daniela Brusamarelo, Sandra Regina Longhin, Angélica Ramos da Luz, Verbena Angélica Marinho Sanches

Resumo


1960, a uma tomada de consciência. A Educação Ambiental (EA), que surge nesse contexto, tem, em sua prática, trilhado diversos caminhos e, Lucie Sauvé, no intuito de contribuir com a definição das várias abordagens de EA, organizou uma cartografia contendo um conjunto das principais correntes. Na área educacional, tem predominado a concepção ecológica de ambiente, em detrimento das dimensões social, política, econômica e ambiental. Assim, este trabalho teve o objetivo de investigar o entendimento da EA em alunos concluintes do ensino médio, analisando-o com base nas correntes propostas por Sauvé. Para tanto, os materiais foram coletados a partir da aplicação de um questionário. Por meio da análise textual e estatística descritiva dos resultados levantaram-se categorias sobre o entendimento da EA, relacionando com a cartografia proposta por Sauvé e com o ensino pretendido para esta sociedade contemporânea com vistas a uma nova racionalidade ambiental. Concluiu-se que a corrente predominante em EA é a conservadora/recursista; que a EA é pouco abordada nas disciplinas curriculares; que é possível ampliar o entendimento do aluno em que este se perceba pertencente a uma realidade socioambiental, responsável pela transformação almejada. 

Palavras-chave


Abordagem da EA. Racionalidade ambiental.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.