O CORPO NA ESCOLA: UMA ANÁLISE A PARTIR DO LIVRO DIDÁTICO DE BIOLOGIA

Estefania Ferreira Costa Machado, André Valente de Barros Barreto

Resumo


A partir da compreensão do livro didático como instrumento capaz de oficializar saber, o objetivo dessa pesquisa foi investigar sob que concepção o corpo humano é abordado e tratado nos livros didáticos de Biologia, entendendo que a abordagem constatada equivale àquela própria da escola. Assim, esse trabalho se baseia na pesquisa bibliográfica que analisou livros de Biologia do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), triênio 2012-2014, utilizados na cidade de Jataí. Verificamos que o corpo que encontramos na escola em geral, seja nos livros didáticos, seja nos modelos pedagógicos, constitui-se sob uma abordagem mecanicista, sustentada pelo saber biomédico, que se firmou a partir da sociedade moderna como fruto do racionalismo, do individualismo e das dissecações anatômicas. Salientamos, a partir disso, a necessidade de se pensar uma abordagem mais abrangente de corpo, que consiga estabelecer um diálogo entre a concepção mecanicista, hegemônica e a concepção cultural, contra hegemônica.


Palavras-chave


corpo; escola; livro

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.