FORMAÇÃO CONTÍNUA: A (RE) CONSTRUÇÃO DA FORMAÇÃO, DA IDENTIDADE E A RELAÇÃO PROFESSOR E ESCOLA A PARTIR DAS ABORDAGENS TEÓRICAS

Claudinéia Feitosa

Resumo


O presente artigo teve como objetivo discutir a formação contínua a partir da abordagem teórica de diferentes autores. Priorizou-se nos materiais lidos e analisados a busca de elementos relacionados à temática pesquisada. Desse modo as abordagens teóricas dos inúmeros autores pesquisados nos levam a perceber que a formação contínua de professores ganha espaço a partir da LDB 9.394/96 atrelando a formação aos planos de carreira profissional com responsabilidade dos sistemas de ensino, surgindo então inúmeros programas para atender a demanda de formação. Percebe-se que esta formação pode exercer um importante papel na profissionalização docente, garantindo-lhe a construção da identidade, autonomia e valorização profissional. Para os autores a formação contínua deve permear o trabalho escolar cotidiano, pois é nesse espaço que se evidenciam as dificuldades da prática, bem como as necessidades dos professores em superar os desafios e dilemas do ato de ensinar.

Palavras-chave


Educação, Formação Contínua, Professores

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.