RELAÇÃO PROFESSOR-ALUNO: UMA ANÁLISE FEITA EM DUAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO.

Kamila Rodrigues Coelho, Fernanda Silva Rodrigues

Resumo


Com a atual problemática que se passa em sala de aula de nível médio, onde alunos desmotivados sem respeito á imagem do professor, gerando docentes sem motivação suficiente para preparar boas aulas, foi realizada uma pesquisa de caráter qualitativo, a qual fez parte da disciplina Didática da Física, componente curricular obrigatória do curso de Licenciatura em Física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás - Campus Jataí, cujo trabalho busca como objetivo analisar a postura de professores e alunos de Instituições de ensino federal e estadual e correlacionar às necessidades expressas pelos alunos com as atitudes tomadas pelos professores. Segundo VASCONCELOS (1993), a prática, realizada em sala de aula exige do professor o entendimento de como acontece e se constrói a aprendizagem na vida do ser humano. Para que haja a compreensão desse processo, é necessário que o professor crie vínculos afetivos com seus alunos, ter em mente que o seu aluno é um ser cheio de ideias, experiências próprias que precisa ser executado para a construção de seu conhecimento. Acredita-se que o professor que gosta do seu trabalho tem o poder de mudança. É evidente que não conseguirão mudar a educação num todo, mas por menor que seja esta mudança já é de grande valia. Sendo assim, apresentarei algumas sugestões de postura, professor e aluno, que resultem em uma boa relação professor-aluno.


Palavras-chave


educação; professor; aluno; comportamento; motivação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.