A PRÁTICA DO BOM DOCENTE DE LÍNGUA INGLESA DEVE FOCAR EM “PROBLEMAS RELEVANTES DA CULTURA EM QUE O ALUNO TÁ INSERIDO”: ALGUMAS CRENÇAS ACERCA DO PROCESSO DE ENSINO/APRENDIZAGEM DE INGLÊS DE UM PROFESSOR EM FORMAÇÃO

Tatiana Diello Borges, Neuda Alves do Lago, Vitalino Garcia Oliveira

Resumo


Algumas crenças de um acadêmico formando em Letras (Inglês) da Universidade Federal de Goiás, Câmpus Jataí, relacionadas ao ensino/aprendizagem de língua inglesa são apresentadas neste trabalho. O estudo faz parte do projeto de pesquisa “Desvendando as crenças sobre ensino/aprendizagem de língua inglesa de alunos, ingressantes e concluintes, de Letras (Inglês): um estudo comparativo”. O referencial teórico se apóia em estudos no campo de ensino/aprendizagem de línguas que tem como foco o construto crenças. O estudo de caso foi a metodologia empregada e questionário do tipo semi-aberto, narrativa e entrevista semiestruturada foram os instrumentos de coleta de dados utilizados. Os resultados apontam que o professor em formação parece possuir as seguintes crenças, dentre outras: (a) o professor e o aluno dividem a responsabilidade no processo de aprendizagem, (b) o bom docente de inglês leva em consideração a realidade sócio-cultural de seus alunos, (c) o bom aprendiz de língua inglesa é dedicado e comprometido e (d) o lugar mais apropriado para se aprender inglês é o curso livre de idiomas.


Palavras-chave


ensino/aprendizagem de inglês, crenças, formação de professor

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.