MOTIVAÇÃO E ANSIEDADE: A AFETIVIDADE NO PROCESSO DE ESCRITA EM LÍNGUA INGLESA

Neuda Alves Lago, Marrine Oliveira Sousa

Resumo


Neste trabalho, apresentamos os resultados de uma pesquisa sobre alguns fatores afetivos que influenciam a aprendizagem da escrita em língua inglesa, mais notadamente a motivação e a ansiedade. O trabalho faz parte do projeto Explorando o Domínio Afetivo na Aprendizagem da Escrita em Língua Inglesa, financiado pelo programa PROLICEN-UFG. Utilizamos, predominantemente, para a realização desse estudo, métodos quantitativos, embora tenhamos nos valido também, tanto na coleta quanto na análise dos dados, de métodos qualitativos. A pesquisa se deu em salas de aula de Inglês como Língua Estrangeira (LE) em duas instituições distintas, sendo a primeira uma sala de aula de 2º ano do Ensino Médio de uma escola estadual, e a segunda uma turma de 6º período do curso de Letras Inglês de uma universidade federal. Os alunos que participaram de nossa pesquisa se mostraram, no geral, como aprendizes com motivações instrumentais acerca do inglês, como a obtenção de boas notas ou a conquista de um futuro emprego; alguns dos participantes se mostraram como alunos pouco ansiosos, enquanto outros apresentaram grau alto de ansiedade no que tange à escrita em língua estrangeira.

 

Área Temática: Linguagem e cognição no ensino-aprendizagem. 

 

 


Palavras-chave


escrita, afetividade; língua estrangeira

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.