A AFETIVIDADE E O CONVÍVIO EM SALA DE AULA: FATORES QUE INFLUÊNCIAM NA INTERAÇÃO PROFESSOR-ALUNO E NO PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM.

Jean Carlos Araújo Diniz, Regisnei Aparecido de Oliveira Silva

Resumo


O presente trabalho objetiva analisar a relação professor-aluno, levando em consideração fatores que possam interferir em um convívio social na sala de aula, buscando pontos que contribua para o bom relacionamento destes. A pesquisa foi realizada com alunos do Ensino Médio e professores de ciências e biologia de um colégio estadual da cidade de Jataí – Goiás, tendo como metodologia o grupo focal. Os resultados apontam fatores que contribuem para um bom relacionamento entre discente e docente, uma vez que isso ocorre devido há integralização de ambos e a exploração do sentimentalismo como também através da delimitação do espaço de cada um. De acordo com os alunos para um bom convívio é preciso que haja compromisso dos alunos e profissionalismo por parte dos professores. Já os professores afirmaram que cumprindo seu papel e chamando atenção dos alunos à sua responsabilidade farão do ambiente escolar um lugar adequado ao aprendizado. É possível observar a importância de respeitar o espaço um do outro, como também manter um diálogo contínuo.


Palavras-chave


Relação professor-aluno, convívio social, afetividade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.