A IMPORTÂNCIA DA GINÁSTICA LABORAL NA PREVENÇÃO DE DOENÇAS OCUPACIONAIS

Eder Mariano Paiva Filho, Naiane Carvalho, Ketly Magalhães Teixeira

Resumo


A presente pesquisa teve como objetivo principal verificar a importância da ginástica laboral na prevenção de doenças ocupacionais. Segundo referenciais teóricos, pode-se constatar que a ginástica laboral previne sim a doenças ocupacionais, porém, não se pode verificar com os sujeitos da pesquisa a eficácia da mesma, uma vez que, as aulas de ginástica laboral planejadas não aconteceram por falta de sujeitos nos horários estipulados. A pesquisa foi realizada na Universidade federal de Goiás/CAJ-Jatobá, tendo como sujeitos os professores, pesquisadores e funcionários da instituição. Foi aplicado um questionário aos sujeitos, sendo que 19 responderam ao questionário. Com esse questionário, pode-se verificar que os sujeitos estão propícios a adquirirem as doenças ocupacionais, uma vez que, não possuem infra-estrutura adequada (mesas, cadeiras, ventilação e maior espaço nas salas de trabalho), programas de benefício à saúde e a empresa não promove exames periódicos para os funcionários, com isso, o rendimento no trabalho pode diminuir, no caso dos professores, o ensino aos acadêmicos pode ser prejudicado, então, a ginástica laboral cabeia como fonte de melhoria no ensino na universidade e na formação docente.


Palavras-chave


Ginástica Laboral, Doenças Ocupacionais, Rendimento Laboral

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.