O papel do aprendizado histórico na construção do sujeito na obra de Paulo Freire: Desenvolvimento da consciência histórica.

Rodrigo de Oliveira Soares

Resumo


O presente artigo é resultado de uma pesquisa que tem como objetivo apontar como o pensamento de Paulo Freire é fundamentalmente um exercício de Teoria e Ensino em História e, como tal, os historiadores necessitam reivindicá-lo como aporte para as reflexões em torno da ciência histórica e seu ensino, possibilitando a construção de seres autônomos e livres intelectualmente e em relação com o mundo.

O método Paulo Freire toma o desenvolvimento da consciência histórica dos envolvidos no processo de aprendizagem pela via da historicidade como ferramenta de conhecimento, uma vez que dialogicamente estão interagindo no processo de aprendizagem (dentro da História). Essa visão sobre o aprendizado embutida nas reflexões de Paulo Freire tem como ponto de partida, a vida dos envolvidos no processo ensino-aprendizagem, ou seja, a história de vida daqueles que se apresentam dentro desse processo, podemos promover “A luta pela a humanização” (FREIRE, 2014).


Palavras-chave


Aprendizado – Consciência –Historicidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Rodrigo de Oliveira Soares

Revista do Núcleo de Pesquisa em Sociedade, Educação e Cultura - NUSEC do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás - IFG, Campus Aparecida de Goiânia.