EDUCAÇÃO EM TEMPOS DE PANDEMIA: UMA ANÁLISE DAS METODOLOGIAS E FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS USADAS NO ENSINO PÚBLICO REMOTO

Lailton De Souza Santos, Layslândia de Souza Santos, Antonia Jucilene Cândido Silva Nobre

Resumo


Na tentativa de amenizar os impactos da pandemia na educação, os governos passaram a denominar o ensino remoto como uma estratégia possível. Porém, em um país marcado pelos altos índices de desigualdade social e precarização da educação pública, tem-se observado a disparidade no acesso a essa forma de continuidade na educação. Partindo desse pressuposto, analisaremos os impactos das metodologias usadas em uma turma do ensino fundamental I de uma escola pública do município de Quixadá-CE, buscando identificar qual se constituiu como a mais acessível para a maioria dos estudantes e quais os resultados possíveis diante do uso de tais ferramentas. Podemos inferir, por meio desta análise, que as diversas metodologias usadas nesse modelo de ensino nem sempre se configuram como atingíveis ou, quando o são, não há garantias de que conseguem efetivar o seu propósito de aprendizagem.


Palavras-chave


Ensino Remoto; Metodologias; Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


BANCO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO. Do confinamento à reabertura: Considerações estratégicas para a retomada das atividades na América Latina e no Caribe no contexto da COVID-19. Washington, BID, 2020. Disponível em: https://publications.iadb.org/publications/portuguese/document/Do-confinamento-a-reabertura-consideraces-estrategicas-para-a-retomada-das-atividades-na-America-Latina-e-no-Caribe-no-contexto-da-Covid-19.pdf. Acessado em 29 de abril de 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Resposta nacional e internacional de enfrentamento ao novo coronavírus. Disponível em: https://coronavirus.saude.gov.br/linha-do-tempo/. Acessado em 29 de abril de 2021.

BRASIL. Portaria n. 343, de 17 de março de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - COVID-19. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 17 mar. 2020. Seção 1, p. 39. Disponível em: https://www.gov.br/mec/pt-br/media/acesso_informacacao/pdf/PORTARIAN342DE17DEMARODE2020DelegacompetnciaaoSecretrioExecutivo.pdf. Acessado em 28 de abril de 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Coronavírus Brasil: Painel Coronavírus. Disponível em: https://covid.saude.gov.br/. Acessado em 29 abril de 2021.

CEARÁ. Governo suspende aulas presenciais até maio em todo o estado. Fortaleza, 31 mar. 2020. Coronavírus (Covid-19). Disponível em: https://www.ceara.gov.br/2020/03/31/governo-suspende-aulas-presenciais-ate-maio-em-todo-o-estado/. Acessado em 28 de abril de 2021.

CEARÁ. Secretaria de Educação. Material de apoio e orientações para o período de suspensão das atividades presenciais. Fortaleza, 30 mar. 2020. Notícias 2020. Disponível em: https://www.seduc.ce.gov.br/2020/03/30/material-de-apoio-e-orientacoes-para-o-periodo-de-suspensao-das-atividades-presenciais/. Acessado em 27 de abril de 2021.

CEARÁ. Decreto n. 33.510, de 16 de março de 2020. Decreta situação de emergência em saúde e dispõe sobre medidas para enfrentamento e contenção da infecção humana pelo novo coronavírus. Fortaleza, CE, 16 mar. 2020. Disponível em: http://imagens.seplag.ce.gov.br/PDF/20200316/do20200316p01.pdf. Acessado em 29 de abril de 2021.

CEARÁ. Decreto n. 33.432, de 30 de março de 2020. Dispõe sobre as medidas adotadas pelo estado do ceará para contenção do avanço do novo coronavírus, e dá outras providências. Fortaleza, CE, 30 mar. 2020. Disponível em: http://imagens.seplag.ce.gov.br/PDF/20200330/do20200330p01.pdf. Acessado em 29 de abril de 2021.

COVID-19 no mundo: mortes por milhão de habitantes. Gazeta do Povo, São Paulo, 30 dez. 2020. Infográficos. Disponível em: https://infograficos.gazetadopovo.com.br/saude/ranking-do-coronavirus-por-paises-mortes-por-milhao/. Acessado em 28 de abril de 2021.

MOREIRA, J. A.; SCHLEMMER, E. Por um novo conceito e paradigma de educação digital onlife. Revista UFG, [S. l.], v. 20, n. 26, 2020. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/63438. Acessado em 30 de abril de 2021.

MORENO, Ana Carolina; VALADARES, Marcelo. Desigualdade entre alunos ricos e pobres no Brasil está entre as maiores do mundo, diz estudo. G1, São Paulo, 19 fev. 2019. Disponível em: https://g1.globo.com/educacao/noticia/2019/12/19/desigualdade-entre-alunos-ricos-e-pobres-no-brasil-esta-entre-as-maiores-do-mundo-diz-estudo.ghtml. Acessado em 26 de abril de 2021.

PASINI, Carlos Giovani Delevati; CARVALHO, Élvio de; ALMEIDA, Lucy Hellen. A educação híbrida em tempos de pandemia: algumas considerações. Ministério da Educação. Universidade Federal de Santa Maria. Observatório Socioeconômico da COVID-19. Porto Alegre, 29 jun. 2020. Disponível em: https://www.ufsm.br/app/uploads/sites/820/2020/06/Textos-para-Discussao-09-Educacao-Hibrida-em-Tempos-de-Pandemia.pdf. Acessado em 28 de abril de 2021.

PINTO, Diego Oliveira de. Pisa – Ranking de educação mundial: entenda os dados do Brasil. Blog Lyceum. São Paulo, 26 jul. 2019. Educação Básica. Disponível em: https://blog.lyceum.com.br/ranking-de-educacao-mundial-posicao-do-brasil/. Acessado em 29 de abril de 2021.

SILVA, Ellery Henrique da; SILVA NETO, Jerônimo Gregório da; SANTOS, Marilde Chaves dos. Pedagogia da pandemia: reflexões sobre a educação em tempos de isolamento social. Revista Latino-americana de Estudos Científicos – RELAEC, Vitória, v. 1, n. 4, jul./ago., 2020. Disponível em: https://periodicos.ufes.br/ipa/issue/view/1177. Acessado em 26 de abril de 2021.

SOUZA, E. P. de. Educação em tempos de pandemia: desafios e possibilidades. Cadernos de Ciências Sociais Aplicadas, v. 17, n. 30, jul./dez. 2020. 110-118. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/ccsa/article/view/7127. Acessado em 25 de abril de 2021.

TUÃO, Renata Spadetti. Estratégias do Banco Interamericano de Desenvolvimento para educação em tempos de pandemia. In: LAMOSA, Rodrigo. Classe dominante e educação em tempos de pandemia: uma tragédia anunciada. Parnaíba: Editora Terra sem Amos, 2020, cap. 2, p. 23-33.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Layslândia de Souza Santos, Lailton de Souza Santos, Andressa Kelly Lima Moura, Antonia Jucilene Cândido Silva Nobre

Revista do Núcleo de Pesquisa em Sociedade, Educação e Cultura - NUSEC do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás - IFG, Campus Aparecida de Goiânia.